Responsive image

07/04/2017

Fotografias preferidas de 2017 | 6 on 6 abril

Fazer uma seleção de fotografias não é fácil, ainda mais reduzindo a SEIS fotografias preferidas de 2017! Porém, resolvi me desafiar no tema do 6 on 6 desse mês, o qual é “fotografias preferidas”, e quis transformar em algo como uma retrospectiva desses últimos meses. Espero que vocês curtam as fotos e também conhecer um pouquinho mais de mim.

Cada foto segue com uma legenda: uma frase, um poema ou algo que saiu da minha cabeça enquanto a postava no Instagram. Aliás, já me acompanha por lá? É @eulizpector!

fotografias preferidas

“O vento sopra as flores e o céu busca o sol”

(mais…)

13 Comentários

Liz Chollet

Postado por

29/03/2017

Onde encontrar ovo de páscoa vegano em Porto Alegre?

Os preparativos para a páscoa estão a mil em lojas, supermercados e grandes produtoras, as quais buscam surpreender a cada ovo novo produzido. Assim como você, eu também amo chocolate – e muito! Mas precisamos parar para pensar sobre o nível de exploração animal que as vacas são submetidas para retirarem seu leite. Nessa páscoa, repense os seus valores e aposte em um ovo de páscoa vegano: muito amor, sabor e sofrimento zero! Para os Porto-Alegrenses, aqui segue uma lista linda e numerosa de onde encontrar ovo de páscoa vegano em Porto Alegre.

ovo de páscoa vegano

Quer entender mais sobre o Veganismo? Vem cá!

Além da enorme exploração animal feita para produzir ovos de páscoa, existe ainda mais por trás de grandes indústrias: exploração infantil e trabalhista no geral. Ter completa noção desses dois itens te abre portas para investir mais em trabalho artesanal e de quem faz. Além de ser uma produção segura, você recebe um produto cheio de amor, já que foi feito pelas próprias mãos da pessoa.

Essa é a minha primeira páscoa vegana e só posso dizer que estou muito feliz pelo número de pessoas e empresas que encontrei que produzem chocolates, cookies, brownies e tudo mais que você imaginar, porém totalmente vegan-friendly. Para reunir esses dados, busquei tudo no grupo Opções Veganas em Porto Alegre, o grupo mais amor da cidade! Lá tem listas de restaurantes, bares, sorveterias, cafeterias, tele-entregas e até de médicos vegan-friendly.

Se prepare para salivar com essas delícias com zero origem animal e feitas por pessoas repletas de amor e talento! Para acessar a página de cada um, clique no nome em negrito.

Onde encontrar ovo de páscoa vegano em Porto Alegre

Pedaço Vegano: Com produtos caseiros, feitos com muito amor e respeito à natureza, o Pedaço Vegano produz cupcakes, bolos recheados, brigadeiros, beijinhos e os lindos ovos recheados. O que mais me surpreendeu é a variedade de sabores dos ovos recheados: brigadeiro, maracujá e ganache, pasta de amendoim e ganache e beijinho com chocolate. Os ovos custam R$35(+taxa de entrega)

ZorbaZen Chocolate Artesanal: Trufas e ovos (casca ou recheados) com 70% de cacau, sem glúten, lactose, caseína, gordura trans, gordura hidrogenada e transgênicos, ou seja, super natural e com muito sabor! Os sabores dos ovos variam entre brigadeiro, coco, tradicional e nozes e pará. Essas maravilhas custam de R$12 a R$54.

ovo de páscoa vegano

(mais…)

9 Comentários

Liz Chollet

Postado por

25/03/2017

Saiba a importância do olhar na fotografia

É tudo tão técnico. Aprendemos tudo de maneiras completamente técnicas e é deixado de lado o fato de que você precisa treinar o seu olhar na fotografia e além disso, precisa saber como colocar a sua emoção nela. Liga, ajusta ISO, diafragma e velocidade: clica. A fotografia não é feita só de regras e técnicas e não é apenas isso que vai fazer a sua foto ser boa. Temos que saber olhar com os nossos sentimentos e assim iremos fazer fotografias incríveis florescerem.

o olhar na fotografia

Treine – e entenda – o seu olhar na fotografia

Fotografia é olhar. Você deve ver a cena, a situação, o momento, a pose, e então olhá-la. Olhar é profundo, é intenso, é quando você presta atenção no que está acontecendo: pensa, repensa, analisa e cria. Olhar é também colocar-se no lugar do outro ou imaginar-se na situação. Quer melhor maneira de criar uma cena fotográfica mentalmente do que se colocando no lugar ou na cena? Pois é!

(mais…)

16 Comentários

Liz Chollet

Postado por

14/03/2017

Resenha de Moonlight, o filme vencedor do Oscar

“Eu não sabia que o filme era sobre isso!”, disse uma senhora sentada atrás de mim no cinema. Moonlight – sob a luz do luar, o qual estreou no dia 24 de fevereiro aqui no Brasil, me surpreendeu muito mais do que eu imaginei e pelo visto surpreendeu muita gente. Fui assistir ao filme sabendo que o mesmo foi vencedor do Oscar e que era um filme tocante. Só. Saí da sala do cinema com lições de vida, vontade de abraçar os personagens e bater um papo com o diretor de fotografia. Leia agora a minha resenha de Moonlight, o filme que já foi pra minha listinha de “rever”.

resenha de moonlight

Resenha de Moonlight – Sob a Luz do Luar

Ei, não há spoilers aqui!

Moonlight, filme escrito e dirigido por Berry Jenkis de apenas trinta e sete anos, foi baseado em uma peça de teatro que não chegou a ser lançada e retrata a vida de Chiron, também conhecido com Litte ou Black. Chiron é um menino negro, nascido na periferia de Miami e sem nenhuma estrutura familiar. Moonlight é dividido em três partes, literalmente capítulos, os quais vão avançando juntamente com a vida de Chiron. Apesar de ter cenas pesadas (no sentido de fortes, tristes e tocantes), a fotografia do filme é muito colorida, cheia de vida. A luz que se passa pela imagem reflete a clareza com qual devemos enxergar os significados do filme.

(mais…)

11 Comentários

Liz Chollet

Postado por

06/03/2017

Memórias e antiguidades | 6 on 6 Março

Por alguns anos tive muito apego material as coisas. Receio de me desfazer de livros, brinquedos antigos, acessórios não mais úteis, móveis que vieram de geração a geração e até algumas peças de roupa. Com o tempo, fui aprendendo a deixar as coisas irem. Aliás, não só coisas materiais, mas sentimentais também. Se algo está te atrasando, te puxando para trás, é hora de deixar ir. Lá pelos meus 12 anos, passei a doar livros a crianças carentes, roupas a moradores de rua e o que fosse possível para fazer alguém ficar feliz. Hoje, o apego a coisas do tipo não mais me habita, porém, é claro que certos móveis, livros e objetos passados de geração continuam ao meu lado. Se não do meu, de quem é próximo a mim. Antiguidades como baús, toca discos, fita cassetes e revistas antigas continuam com a minha família.

O 6 on 6 do mês de março tem o tema “antiguidades/coisas antigas” e é com muito amor que apresento nessas fotografias algumas coisas antigas e que me trazem muita felicidade. As fotos foram feitas na casa do meu pai, a qual tem uma decoração pra lá de legal.

antiguidades

  1. Alguma-coisa-antiga de uma câmera. Lindo, não?

(mais…)

13 Comentários

Liz Chollet

Postado por

Páginas123456789... 15»